Número de mortes em ações de forças de segurança sobe 30%, diz ISP

Os dados do Instituto de Segurança Pública (ISP) comparam o total de vítimas entre outubro de 2018 e o mesmo mês de 2017. O mês de outubro deste ano também registrou o menor número de homicídios dolosos desde 2014.

Número de assassinatos no RJ apresenta queda em outubro
RJ2
Número de assassinatos no RJ apresenta queda em outubro

Número de assassinatos no RJ apresenta queda em outubro

O Instituto de Segurança Pública (ISP) divulgou, na tarde desta quarta-feira (14), os últimos dados da criminalidade e da atividade policial do estado do Rio de Janeiro. O levantamento apresentou um aumento de 30% no número de mortes por ‘intervenção legal’ – mortes em confrontos com a polícia – que eram conhecidos como ‘autos de resistência’. O estudo compara os números de outubro de 2017 com o mesmo mês desse ano. Contudo, na comparação com os últimos três meses anteriores de 2018, houve uma queda de 4%.

Já os números de mortes violenta (homicídio doloso, latrocínio, lesão corporal seguida de morte e morte por intervenção legal) a redução foi de 15% quando comparado com outubro de 2017. Foram 517 vítimas registradas no mês passado, representando o menor número para o mês desde 2015. Quando a amostra é comparada com setembro deste ano, o ISP registrou um aumento de 3%.

O mês de outubro deste ano também registrou o menor número de homicídios dolosos desde 2014. No total, foram 378 vítimas. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, quando o instituto registrou 486 mortes, a queda foi de 22%. Em relação ao mês anterior (setembro de 2018) a variação negativa foi de 1%. O comparativo dos últimos três meses (agosto, setembro e outubro) com os três meses anteriores de 2018 (maio, junho e julho), a queda ficou em 7%.

Outra comparação positiva para os moradores do Rio de Janeiro é em relação aos roubos de carga. Os dados apontam para uma queda de 28% em relação a outubro de 2017. Foram 651 ocorrências, o menor indicador para o mês desde 2014. Os roubos de veículos registraram redução de 1% em outubro com relação ao mesmo período do ano anterior e os roubos de rua (roubo a transeunte, roubo de aparelho celular e roubo em coletivo) aumentaram 4%.

fonte: G1

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *